Polícia Civil prende presidente da Câmara de Vereadores de Guarinos, interior goiano, investigado por estupro de vulnerável e exploração sexual de menores

134

A Polícia Civil de Goiás, através da Delegacia de Itapaci, com apoio da Polícia Militar, deu cumprimento nessa terça-feira (04) a mandados de busca e apreensão e mandados de prisão temporária expedidos pela comarca de Itapaci em desfavor de comerciantes e um vereador presidente da Câmara de Municipal da cidade de Guarinos (GO). Eles são investigados pelos crimes de estupro de vulnerável e favorecimento da prostituição ou de outra forma de exploração sexual de criança ou adolescente ou de vulnerável.

Segundo as denuncias, o vereador, que é dono de uma farmácia, teria cometido os abusos em um cômodo nos fundos do comércio, utilizado para aplicação de medicamentos. Ele teria pago pelos favores sexuais, inclusive com medicamentos.  Um segundo suspeito, dono de uma oficina de bicicletas, teria uma das menores como empregada doméstica, e, além de fazer sexo com a menor mediante pagamento em dinheiro, fazia com que a vítima intermediasse encontro com outras menores.

Na operação o presidente da Câmara foi preso e o dono da oficina de bicicletas encontra-se foragido. Outras pessoas da cidade estão sendo ouvidas e investigadas pelos mesmos crimes. O vereador foi conduzido à delegacia de Itapaci, onde foi interrogado e posteriormente conduzido à unidade prisional de Itapaci, recolhido à disposição do Poder Judiciário.