Polícia Civil prende suspeito de roubo a motorista de aplicativo em Aparecida de Goiânia

467

A Polícia Civil, por meio da 5ª Delegacia Distrital de Polícia (DDP) de Aparecida de Goiânia, realizou nessa quarta-feira (04) a prisão em flagrante de um indivíduo de 38 anos suspeito do crime de roubo majorado pelo emprego de arma de fogo.

O autuado, que atua desde 2002 na vida do crime e já tem condenação há mais de 20 anos de prisão por latrocínio e assaltos, encontrava-se atualmente em liberdade, e foi preso em flagrante após assaltar, na madrugada do dia 03/11/2020, um motorista de aplicativo, no Bairro Floresta, Aparecida de Goiânia. Para cometer o crime, ele teria utilizado arma de fogo, ameaçado matar o motorista, e depois subtraído seus pertences.

Após ser preso por policiais civis e autuado em flagrante, forjou ter sido torturado na Delegacia, provocando autolesão diversas vezes, resultando em múltiplas fraturas. A simulação de tortura foi filmada.

A pena do roubo circunstanciado pelo emprego de arma de fogo pode chegar a 15 anos de prisão. O autuado permaneceu em silêncio durante seu interrogatório e foi recolhido no presídio de Aparecida de Goiânia.

A divulgação da imagem e identificação do preso foi precedida nos termos da Lei n.º 13.869, Portaria n.º 02/2020 – PC, Despacho do Delegado Titular desta unidade, especialmente porque visa a identificação de eventuais outros crimes outros cometidos pelo suspeito.