Polícia Civil prende três em flagrante, em Inaciolândia, por posse irregular de armas e munições

144

A Polícia Civil de Goiás, por meio do Grupo de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Gepatri) de Itumbiara, prendeu em flagrante delito três pessoas em Inaciolândia, interior goiano. Os suspeitos têm de 22, 26 e 53 anos de idade e foram presos pelo crime de posse de arma de fogo, insumos e munições. Um dos investigados possui passagem policial por porte ilegal de arma de fogo, enquanto outro possui passagem policial pelo crime de homicídio.

Após um dos investigados ostentar armas de fogo em suas redes sociais, surgiram inúmeras denúncias de posse de arma irregular e em desacordo com determinação legal. Assim, a Polícia Civil representou pela busca e apreensão, a qual foi prontamente deferida pelo Poder Judiciário.

Durante o cumprimento de mandado de busca e apreensão, a equipe policial do Gepatri apreendeu quatro armas de fogo, além de centenas de munições e insumos para fabricação em uma propriedade rural localizada em Inaciolândia. Uma das armas, uma espingarda calibre 22, marca HATSAN, estava sem registro e atribuída como sendo de propriedade de um dos autuados, embora na posse de outra pessoa, além dos inúmeros insumos e munições.

As demais armas são uma pistola calibre 45, Imbel; uma Carabina calibre 22, marca CBC; uma espingarda calibre 12, marca Boito. As armas estavam com registro irregular, em descumprimento de normativas do Exército Brasileiro. Ainda foram apreendidos balotes, luneta, cartuchos, pólvora, espoleta, chumbos, coldres, carregadores, além das centenas de munições calibres 12, 20, 22, 22 LTR, 38 spl, e 45.