Polícia Civil tem 6 servidores aprovados em doutorado da UFG

226

Seis policiais da Polícia Civil de Goiás foram aprovados no processo seletivo para o curso de doutorado em Direitos Humanos da Universidade Federal de Goiás. O resultado foi divulgado na última sexta-feira (05).

A escrivã Paula Fernandes Teixeira Canedo, da Delegacia de Polícia (DP) de Senador Canedo, foi aprovada em segundo lugar. Em seguida, figura na lista o agente Marcos Valverde, chefe da Divisão de Comunicação e Cerimonial. Também foram aprovados: o agente da CORE/GT3 Glauco Leão Ferreira Alves, o delegado de Rio Verde Danilo Fabiano Carvalho e Oliveira, a escrivã Lorenna Dantas Lara (da Escola Superior da Polícia Civil) e a escrivã Aline Hubaide Rosa.

A escrivã Paula Fernandes destacou seu objetivo no doutorado: “Auxiliar na segurança pública, ajudar a prestar um serviço com mais qualidade e eficiência ao público”, disse. Para o agente Marcos Valverde, o doutorado “vai auxiliar a Polícia Civil e a Secretaria de Segurança Pública a melhorar o serviço oferecido ao cidadão”. Já a escrivã Aline, plantonista da Regional de Catalão, disse que “a especialização do servidor sempre traz retorno para o Estado. Investir em educação é sempre o caminho”.

A Polícia Civil, ao apoiar a capacitação de seu corpo de servidores, solidifica as ações de seu planejamento estratégico que tem, em uma de suas bases, a promoção de políticas de capacitação que ensejam o profissionalismo e a cidadania.