Preso em São Paulo homem que se masturbou diante de pessoa com deficiência

482

Os policiais civis do Grupo de Repressão a Narcóticos (Genarc) de Itumbiara, após fornecer informações aos policiais civis de Catanduva (SP), auxiliaram na captura do foragido Renato Adriano Morais, vulgo “Renato Tarado”, 48 anos. Ele foi preso nessa terça-feira (1º) no Jardim Flamingo, em Catanduva, interior de São Paulo. Contra Renato existia um mandado de prisão preventiva em aberto, expedido em abril deste ano pela 1ª Vara Criminal de Itumbiara.

Em 2018, Renato foi surpreendido se masturbando diante de uma menor portadora de necessidades especiais e, após o caso ser levado ao conhecimento da Polícia Civil de Itumbiara, a Delegacia da Mulher (Deam) iniciou investigação que redundou posteriormente na decretação de sua prisão preventiva.

Recentemente ocorreu operação estadual da Polícia Civil do Estado de Goiás visando capturar foragidos por crimes sexuais (Operação Violare), sendo o mandado de Renato distribuído ao Genarc de Itumbiara para captura. Porém, ele havia fugido para Catanduva, onde foi localizado pelo Genarc. No interior paulista, ele gerenciava uma distribuidora de bebidas no bairro Flamingo.

A partir daí, a Polícia Civil Paulista foi acionada e, agora, sua prisão foi efetuada. Renato Adriano Morais foi recolhido a Cadeia Pública de Catanduva, devendo ser removido nos próximos dias ao CDP de Cerro Azul. O investigado responde pelo crime de satisfação da lascívia mediante presença de criança ou adolescente.