Preso suspeito de homicídio em Anápolis; crime foi motivado por briga durante uma festa

252
Vítima

A Polícia Civil, por meio do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Anápolis, deu cumprimento nessa terça-feira (14) a mandado de prisão temporária em desfavor de um investigado de 35 anos. Ele é apontado como autor do homicídio qualificado praticado em desfavor de Pedro Henrique Marinho, 24 anos, ocorrido no dia 28 de junho deste ano, numa chácara situada na zona rural do município de Anápolis, próximo ao DAIA.

As investigações apontam que autor, vítima e mais 3 jovens participavam de um churrasco e que, em meio à confraternização, uma discussão teria se iniciado. Conforme apurado, a vítima foi morta com um tiro no rosto efetuado a curta distância.

Em seu interrogatório, o autor confessou ter feito o disparo, tendo afirmado que tomou tal atitude imediatamente após a vítima ter lhe dado um tapa no rosto durante uma partida de truco. O investigado já ostenta anotações criminais por tráfico de drogas e se encontra recolhido no presídio local, à disposição da Justiça.