Presos suspeitos de estelionato em Aparecida; golpe envolveu aluguel de equipamentos de som

139

Na manhã desta segunda-feira (16), chegou ao conhecimento da equipe de policiais civis do 3ª Delegacia Distrital de Polícia (DDP) de Aparecida de Goiânia uma ocorrência de crime de estelionato, em que a vítima, que trabalha no ramo de aluguel de equipamentos de som, havia perdido toda sua aparelhagem após ter caído em um golpe de falso aluguel, sendo que, na verdade, o suposto locatário, tinha a intenção de subtrair a coisa locada.

Após diversas diligências, os policiais conseguiram identificar a pessoa que havia recebido os objetos bem como a proprietária da residência onde supostamente iria acontecer a “festa fantasma”, assim denominada pelos golpistas, pois na verdade a “festa” era só um pretexto para a subtração do equipamento locado. Após algumas diligências, a equipe pôde localizar parte da aparelhagem de som escondida em uma mata no setor Colina Azul, em Aparecida.

Em continuidade ao trabalho, os policias conseguiram efetuar a prisão do casal autor do golpe, Brunno Ferreira Soares e Jhessyca Natalia Ferreira Alves. Eles foram presos em uma residência no setor Village Garavelo, local em que também foram surpreendidos tendo em depósito 125 porções de maconha, já embaladas para a venda.

No decorrer das diligências, ficou demonstrado que o casal contou com a colaboração de Guilherme Ferreira Santana, irmão de Brunno, e de Nadia Lea Rodrigues Chaves, proprietária da residência onde foram recebidos os objetos, sendo que estes dois também puderam ser localizados e autuados em flagrante pelo crime de estelionato. Já Brunno e Jhessyca, além do estelionato, também foram autuados pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.