1ª DDP de Goiânia prende indivíduo que usava documento falso para fazer empréstimo consignado

481

Policiais civis da 1ª Delegacia Distrital de Polícia (DDP) prenderam em flagrante delito Max Rodrigues da Silva por uso de documento falso na tarde de quinta-feira (20). A unidade investigava, há 15 dias, a ação de uma quadrilha cujos membros se utilizavam de documentos falsos para se passarem por pensionistas do INSS.

A partir dessa fraude inicial, os criminosos abriam linhas de crédito consignado no Banco do Brasil. Essa instituição financeira abria uma conta, mesmo para usuários não-correntistas, depositava o valor e fornecia cartão para uso do falsário.

No dia da captura, a 1ª DDP foi informada de que um indivíduo fora ao local com o mesmo modus operandi. Imediatamente, policiais se dirigiram ao local e constataram que o autor fazia uso de um documento de identidade em nome de Altair Ananias com sua própria fotografia para a prática ilícita. Diante dos fatos, foi dada voz de prisão ao autor e formalizado o Auto de Prisão em Flagrante (APF).