Ação conjunta entre Polícia Civil de Goianira e PC e PM do Piauí resulta em prisão do coautor de homicídio no município goiano

598

Uma ação conjunta da Delegacia de Polícia (DP) de Goianira e das Polícias Militar e Civil de Picos, no Piauí, resultou no cumprimento de prisão preventiva em desfavor de João Alves, também conhecido como “Marcos”, 51 anos, procurado desde 03 de junho 2017 por participação no homicídio de F.P., 40 anos, no Residencial Parque Girassóis, na cidade goiana.

Os investigadores de Goianira investigaram o paradeiro do foragido e descobriram que ele morava no referido município piauiense. Assim, compartilharam as informações com as forças policiais do da unidade federativa nordestina, cuja Polícia Militar conseguiu capturá-lo.

O preso se identificou como José Alves de Melo. No entanto, com uso da tecnologia, empenho e rapidez na troca de informações entre os Policiais Civis de Goianira e as Polícias Militar e Civil do Piauí, constatou-se ser a mesma pessoa, sendo cumprida sua prisão.

O trabalho conjunto já tinha resultado no cumprimento de prisão de outro autor desse mesmo crime, Elias Alves Bispo, então com 39 anos, em janeiro de 2018, capturado pela Delegacia de Peritoró, da Polícia Civil do Maranhão.

Relembre o caso

Conforme as investigações, os autores se utilizaram de uma pistola e um revólver para matar a vítima, que foi atingida por dezesseis tiros após discussão em um bar de Goianira. Os envolvidos eram da comunidade cigana e a motivação teria sido ciúmes da esposa de um dos autores.

Agora, com a prisão do segundo autor, o caso foi encerrado e ambos foram colocados à disposição da Justiça, graças ao uso de tecnologia e integração das forças policiais de Goiás, Maranhão e Piauí.