Acusado de estupro de vulnerável é preso em Itaberaí

1096
IMG-20160810-WA00271
Gleison Rodrigues da Silva

A Polícia Civil de Itaberaí, no centro de Goiás, realizou a prisão de Gleison Rodrigues da Silva, acusado de abusar sexualmente da enteada menor de 14 anos. A prisão preventiva representada pela titular da distrital, Josy Alves de Sousa Guimarães, deveu-se ao fato de Gleidson reiteradamente ameaçar de morte a mãe da criança, caso esta continuasse a mover contra ele a denúncia, a despeito de já haver medidas protetivas deferidas pela Autoridade Judiciária.

O caso teve repercussão no município devido ao fato de Gleison ser um membro ativo de uma comunidade religiosa local, definindo-se como pregador, havendo registros de tentativas de invasão do domicílio habitado pela vítima e sua mãe. O crime de Estupro de Vulnerável é previsto no Artigo 217-A do Código Penal Brasileiro. A pena prevista para esse ilícito vai de oito a 15 anos de reclusão.