Agricultores são presos pela Polícia Civil suspeitos de estelionato e receptação

377

Os policiais civis do Grupo de Repressão a Narcóticos (Genarc) de Itumbiara efetuaram ontem (04) a prisão de dois homens, agricultores, de 28 e 38 anos, em Buriti Alegre e Itumbiara.

A ação começou em Buriti Alegre, onde o agricultor de 28 anos foi surpreendido ocultando um trator (adquirido sem nenhum tipo de documentação e que depois foi repintado, apagando marca e modelo) que havia sido objeto de registro de furto anterior em Itumbiara. O crime foi registrado em junho deste ano, porém falsamente, eis que o fato não aconteceu, tratando-se de estelionato para receber indenização de uma seguradora.

Após a prisão em Buriti Alegre, os policiais civis retornaram a Itumbiara e prenderam o segundo agricultor, de 38 anos, em uma fazenda localizada às margens da BR-153, nas proximidades de um posto de combustíveis. Em poder do detido, foram apreendidas duas controladoras de pulverização que o homem ocultava. As peças, junto com o trator apreendido em Buriti Alegre, constavam na ocorrência falsa por ele registrada anteriormente, ou seja, não foram furtadas junto com o trator.

Continuando as diligências, a equipe confirmou que o agricultor preso em Buriti Alegre comprou o trator do agricultor de Itumbiara. Os dois foram autuados em flagrante delito: o de Buriti Alegre por receptação qualificada e o de Itumbiara, por estelionato na modalidade de fraude para receber indenização de seguro. Os autuados foram recolhidos na Unidade Prisional de Buriti Alegre.