Autor de homicídio em Rio Verde é preso em Nerópolis

118

A Polícia Civil de Goiás, por meio do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Rio Verde, com o apoio do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Aparecida de Goiânia, prendeu, na terça-feira (4), em Nerópolis, um homem de 52 anos, suspeito de matar a tiros um jovem, de 26 anos de idade, após uma discussão em um restaurante de Rio Verde. A confusão que terminou em morte foi filmada por um homem que passava pela rua Castelo, na Vila Borges, e gerou grande repercussão à época.

De acordo com as investigações, a vítima foi quem se irritou com um esbarrão e começou a xingar o outro homem, dando início à confusão dentro do estabelecimento. O jovem teria saído do restaurante, dizendo que buscaria uma arma de fogo. O homem mais velho, teria, então, se armado com um facão e aguardado o retorno do algoz, que foi surpreendido com dois golpes no pescoço assim que retornou ao local. Mesmo ferido, o rapaz conseguiu atingir o oponente com um tiro no rosto.

Segundo o delegado Caio Martines, no decorrer da briga, já em luta corporal, o investigado teria conseguido tomar o revolver calibre 32 das mãos do jovem, já ferido com os golpes no pescoço, e efetuou outro disparo, levando o rapaz a óbito. Após o crime, a Polícia Civil produziu um minucioso relatório de investigação, incluindo oitivas de testemunhas e imagens de circuito de segurança, e representou pelo mandado de prisão preventiva do autor, o qual foi expedido pela Vara Criminal da Comarca de Rio Verde.

O suspeito deve responder por homicídio qualificado.