Avô é preso em Mairipotaba suspeito de estuprar a neta

445

A Polícia Civil, em ação conjunta das Delegacias de Mairipotaba, Cromínia e Piracanjuba, cumpriu nessa quarta-feira (29), na cidade de Mairipotaba, mandado de prisão preventiva expedido em desfavor de um indivíduo de 65 anos de idade, pela prática do crime de estupro de vulnerável.

Há dois meses a Polícia Civil recebeu informações de que uma criança de 12 anos estaria sendo vítima de violência sexual há mais de 5 anos. Os abusos seriam praticados por algum parente próximo da vítima. Após a notícia, foi prontamente instaurado inquérito policial e, no decorrer das investigações, restou concluído que o autor era o próprio avô materno da menor. Apurou-se ainda que os abusos ocorriam sempre que a menor o visitava em sua residência.

Com base nas informações, foi requerida a sua prisão preventiva, agora cumprida. O indivíduo, que não possui antecedentes criminais, foi ouvido na delegacia e agora se encontra recolhido no presídio. Se condenado, poderá pegar até 15 anos de prisão.