Casal de estelionatários é preso em Aparecida; golpe era aplicado contra rede de lojas na internet

1530

A equipe de policiais civis da 2ª Delegacia Regional de Polícia (2ª DRP) de Aparecida de Goiânia recebeu, na última sexta-feira 24, notícia da prática de possível crime de estelionato que teria como vítima a Loja Magazine Luiza. Um suposto fraudador estaria usando dados de cartões de terceiros para comprar produtos via internet. Depois disso, mandava entregar em endereços fictícios, em Aparecida de Goiânia.

O entregador não conseguiu fazer a entrega dos produtos nos endereços nem falar com as pessoas que fizeram a compra. Então, recebeu uma ligação do suposto fraudador que propôs o pagamento de R$ 1.000,00 para que ele entregasse os produtos. Após perceber que se tratava de um golpe, o entregador entrou em contato com a empresa Magazine Luiza e comunicou o fato.

A Polícia Civil empreendeu diligências que culminaram com a prisão de Gleidson Borges de Souza Filho e Kerollen Cristinny Duarte no momento em que foram se encontrar com o entregador para buscar as mercadorias, mediante o pagamento do valor proposto inicialmente. Gleidson confessou, na delegacia, que o suposto fraudador é Rafael Martins Mendes e que ele adquire produtos, via internet, mediante fraude. Gleidson e Kerollen sabiam do esquema fraudulento, buscariam as mercadorias para Rafael e as levariam até o Camelódromo de Campinas.

Os dois chegaram no local, no carro de Kerollen, que dirigia o veículo. No momento da prisão, Gleidson apresentou ainda uma CNH falsa, em nome de Cássio Rodrigues Borges, pela qual pagou a quantia de R$ 50,00. O casal foi autuado por estelionato. Gleidson foi autuado em flagrante também pelo crime de uso de documento falso. As investigações continuam no sentido de se localizar a pessoa de Rafael Martins Mendes, mentor intelectual do crime.

Delegada responsável: Cybelle Tristão.