Casal é preso por participar de fraude em licitações da Câmara de Planaltina

709

A Polícia Civil de Formosa prendeu, na manhã desta quarta-feira (10), o casal André Luiz Gontijo e Souza e Vanessa Maris Araújo Fernandes, sócios da empresa Mult X,  por colaborar com fraude em licitação para obra realizada na Câmara Municipal de Planaltina. De acordo com as investigações, ambos forjavam uma concorrência falsa com empresas de fachada e a empresa previamente escolhida para vencer o processo.

Conforme investigação do Ministério Público de Planaltina/GO, após a deflagração da primeira fase da operação Mãos à Obra, André e Vanessa participaram ativamente das fraudes, vez que não houve a realização e o respeito aos procedimentos externos e internos de qualquer processo licitatório. Por meio da empresa Mult X, eles participaram do procedimento administrativo (carta-convite), supostamente, para concorrer com as empresas Aseng e Unique, pela obra de engenharia na câmara de vereadores de Planaltina.

O MP concluiu, no entanto, que houve ajuste entre as empresas Aseng e Unique, esta de fachada. Por outro lado, os sócios sabiam que participavam de uma concorrência de fachada, vez que existia um ajuste prévio entre os sócios das empresas licitadas para que a Aseng se mantivesse vitoriosa, sendo as demais de mera aparência. O casal encontra-se recolhido na cadeia de Planaltina-GO à disposição da Justiça.