Corretor é preso em Valparaíso por aliciar menores em troca de moedas virtuais

282

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio da Delegacia de Polícia de Novo Gama/GO, com o apoio da 1ºDP de Valparaíso, cumpriu, no dia 17 de agosto, mandado de prisão temporária e busca e apreensão em desfavor de um corretor de imóveis de 39 anos investigado por exploração sexual contra vulnerável, art. 218-B do CP.

De acordo com as investigações, o indivíduo conhecia os jovens através de aplicativos na internet e os aliciava com o oferecimento de moedas em jogos virtuais (Dimas); e em troca, solicitava fotos e vídeos dos órgãos genitais dos adolescentes.

Segundo a delegada de Novo gama, Lídia Castro,  durante o cumprimento dos mandados, verificou-se a existência de mídias com conteúdo pornográfico no computador e celular do investigado, ensejando também a sua autuação em flagrante pelo art. 241-B do ECA.

Na ocasião, foi apreendido vasto material a ser periciado, incluindo computadores, celulares e pen drives, que deverão robustecer a investigação e elucidar o possível aliciamento de outras vítimas. 

O investigado, em seu interrogatório, confessou a prática dos crimes, foi recolhido ao presídio e encontra-se à disposição do poder judiciário.