Deam de Valparaíso prende investiga por estupro de vulnerável

111

A Polícia Civil, por meio da equipe da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) de Valparaiso de Goiás, cumpriu mandado de prisão preventiva, na segunda-feira 23, de um homem investigado por crimes de estupro de vulnerável, cometidos por cerca de dois anos, contra uma criança que atualmente tem 9 anos de idade. Feita a apuração dos fatos e realizada a oitiva da menor, por meio da técnica de depoimento sem dano, a Autoridade Policial representou pela prisão preventiva do autor, para garantia da ordem pública, da instrução criminal e da aplicação da lei penal.

Após o início das investigações, além de não ter comparecido à Delegacia quando intimado, o autor ameaçou familiares da vítima e fugiu do distrito da culpa, tendo passado algum tempo no Estado de Minas Gerais. Diante da notícia de que o autor estava de volta à região do Entorno do Distrito Federal, mesmo não tendo ele endereço certo e domicílio conhecido, os policiais da especializada, conseguiram encontrá-lo e prendê-lo.

Na Delegacia, cientificado dos seus direitos constitucionais e legais, o autuado negou todos os crimes. O suspeito foi indiciado pela prática dos delitos tipificados no artigo 217-A, c/c art. 71, do Código Penal. Após a execução do mandado de prisão, ele foi recolhido ao presídio municipal, onde se encontra à disposição da Justiça local.