Detento com tornozeleira eletrônica é preso por tráfico e porte de arma em Itumbiara

755

Policiais civis do Grupo Especial de Repressão a Narcóticos (Genarc) de Itumbiara prenderam em flagrante nessa quinta-feira (21) Diego Henrique Basílio Silva, vulgo “Diego homicida”, de 30 anos.

Diego foi surpreendido em casa onde mantinha porções de maconha, embalagens de drogas, balança, cadernos com anotações referentes à venda dos entorpecentes e uma pistola da marca Glock, cal . 9 mm, com “kit rajada” instalado.

A Polícia Civil começou a investigação após receber informações de que o suspeito estaria traficando drogas e praticando outros crimes em Itumbiara e também comandando, a distancia, ações criminosas em Caldas Novas.

Diego é um velho conhecido da polícia e já respondeu anteriormente por tráfico de drogas, porte de arma, assalto e homicídio praticados em Caldas Novas. Entretanto, por ser suspeito de ordenar crimes mesmo preso em Caldas, acabou transferido para cumprir a pena em Itumbiara, onde, após certo tempo, obteve a progressão de regime. O condenado já cumpria o restante da pena com a liberdade vigiada por monitoramento de tornozeleira eletrônica.

O conduzido foi autuado em flagrante delito por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo de uso restrito. A pena máxima em ambos os crimes chega a 21 anos de prisão. Digo Basílio foi recolhido no presídio de Sarandi, em Itumbiara.