Direção Consciente: mais 13 motoristas são presos por embriaguez em Anápolis

345

Nas madrugadas dos dias 11 e 12 de dezembro, a Delegacia Especializada em Investigação de Crimes de Trânsito de Goiânia (DICT) de Anápolis surpreendeu 65 motoristas dirigindo sob efeito de álcool. Todos receberão penalidades administrativas que giram de três a seis salários mínimos, no caso de reincidência. Destes, 13 superaram a tolerância criminal e foram presos em flagrante. As fianças têm valor previsto de 1 a 100 salários mínimos.

A simples recusa do bafômetro gera uma multa autônoma de três salários mínimos, lembrando que o teste é um dos meios de prova para materialização do crime e, diante da recusa, havendo sinais, o motorista também pode ser preso.