Dono de oficina é preso suspeito de receptar e adulterar caminhões usados no transporte de cargas

100

A força-tarefa composta pela Polícia Civil (por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Cargas), Polícia Rodoviária Federal e Polícia Militar, em ação conjunta, prendeu em flagrante, na tarde dessa segunda-feira (25), um indivíduo de 36 anos integrante de uma organização criminosa especializada em roubos de cargas de sementes e caminhões. O preso é o responsável, dentro da organização criminosa, por realizar as adulterações dos sinais identificadores dos caminhões e carretas roubados. As adulterações eram feitas com tanta similaridade, que era possível confundi-la com o original de fábrica.

Os caminhões eram utilizados, após serem adulterados pela organização ilícita, para fazer o transbordo de cargas subtraídas em outras unidades da federação. No local da prisão, que é uma oficina mecânica da qual o autuado é dono, situada no bairro Jardim Repouso, em Aparecida de Goiânia, foram recuperados três caminhões e carretas já com os sinais identificadores modificados. O prejuízo causado pela organização criminosa às vítimas ultrapassa R$ 10 milhões. As investigações duraram dois meses e prosseguem para a identificação dos demais envolvidos. O empresário autuado responderá pelos delitos de receptação qualificada e adulteração de sinal identificador veicular, previstos no Código Penal.