DP de Mineiros prende mãe de criança que morreu afogada em rio

237

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia (DP) de Mineiros, tomou conhecimento, na segunda-feira 14, através do Corpo de Bombeiros, de que uma criança, de apenas 5 anos, havia desaparecido na região do rio Matrinchã, próximo de Portelândia. Inicialmente, foi repassado que a mãe da criança apresentou indiferença quanto ao desaparecimento, continuando a ingerir, inclusive, durante as buscas, bebida alcoólica.

No dia seguinte, através de mergulhadores, o corpo da criança foi encontrado. Nas investigações preliminares, constatou-se que a genitora, em companhia de familiares, foi acampar na região e, junto com seus filhos (duas crianças), sequer levou alimento para elas. Após entrevista com testemunhas, constatou-se que a mãe, embriagada, autorizou que seu filho, de apenas 5 anos, saísse pela mata e fosse pescar, sozinho, o que acarretou em sua morte por afogamento.

Ainda durante as investigações, constatou-se o abandono da mãe na criação das crianças, seja pela privação de cuidados básicos (alimentos, por exemplo), seja permitindo atos atentatórios em desfavor da dignidade física da vítima.

Diante dos fatos, foi representada pela prisão preventiva da mãe, medida judicial deferida e cumprida. A investigada responderá pelos crimes de abandono de incapaz e abandono material, podendo pegar até 16 anos de prisão.