O Grupo Especial de Repressão a Narcóticos (Genarc) de Niquelândia prenderam em flagrante Leandro da Silva Bessa na tarde de quarta-feira (18) por tráfico de drogas. A investigação iniciou-se com o levantamento de informações que davam conta de que o autuado, também conhecido como “Leandrinho do CHC”, venderia drogas nas proximidades de sua residência.

A partir de então, os investigadores do grupo especializado passaram a monitorar o local. Foi possível verificar a existência de um grande fluxo de pessoas se dirigindo à casa do investigado. No dia da captura, dois possíveis usuários foram ao encontro de Leandro, que repassou algo para a mão de um deles, o que pôde ser visto claramente pelos investigadores.

Em seguida, os dois compradores foram até a escadaria em frente ao Colégio Santa Mônica e começaram a preparar a droga para consumo, oportunidade em que os policiais civis do Genarc realizaram a abordagem e apreenderam a maconha vendida momentos antes pelo suspeito.

Diante dos fatos, os agentes se deslocaram imediatamente para a residência do investigado, onde efetuaram sua prisão. Todos os envolvidos foram conduzidos até a sede do Genarc, onde Leandro foi autuado em flagrante pela prática do crime de tráfico de drogas.

Logo após a realização da prisão, o Genarc recebeu inúmeros telefonemas por meio dos quais diversas pessoas agradeceram pela ação policial desenvolvida, pois naquele bairro há uma grande quantidade de jovens e escolas, motivo pelo qual a atuação criminosa do preso causava preocupação a todos os pais da região.

A equipe responsável pela diligência é formada pelos policiais civis Diego Nunes Ribeiro, Erlandsson Pereira Bonfim e Leonardo Menezes, coordenados pelo delegado Bernardo Comunale.