Gepatri de Luziânia recupera caminhão roubado; veículo era meio de sustento de deficiente físico

123

A Polícia Civil de Goiás, por meio do Grupo de Repressão a Crimes Patrimoniais (Gepatri) de Luziânia, recuperou, no dia 6 de agosto, um caminhão F-4000, que havia sido levado em roubo ocorrido no dia 26 de julho. O veículo pertence a um deficiente físico e é usado para transporte de cargas de milho, principal meio de sustento da vítima e sua família.

De acordo com a investigação,  o motorista costumava fazer viagens entre o Distrito Federal e cidades do Entorno. No dia do crime, ele recebeu um pedido de transporte de carga de milho, mas foi surpreendido com o anúncio de que seu caminhão seria levado como suposta garantia de uma dívida entre os envolvidos. Sem entender a situação, o homem foi arrastado do veículo, sendo ameaçado com uma arma de fogo.

Um dos investigados, então, tomou a posse do caminhão e o conduziu até a cidade de Luziânia-GO e depois o escondeu em uma região de chácara na área rural. A partir desse momento, eles passaram a cobrar um preço pelo resgate do caminhão – cerca de R$ 20 mil, sob pena de atear fogo no veículo.

Na unidade policial, foram realizadas diversas coletas de dados até a identificação e o reconhecimento formal dos envolvidos. No dia 6 de agosto, o Gepatri, com o apoio do Grupo de Repressão a Narcóticos (Genarc) de Luziânia, abordou um dos investigados e, posteriormente, localizou o veículo. Com a informação de que o segundo investigado teria em sua posse uma arma de fogo, foram empregadas diligências no sentido de localizar o objeto. Um revólver .357 cromado foi localizado com o suspeito. Embora legalizada, a arma provavelmente foi empregada no delito.