GIH de Aparecida prende um dos autores de morte de adolescente em festa de torcida

444

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Aparecida de Goiânia, em parceria com a Polícia Militar (BEPE), prendeu, no dia 8 de janeiro de 2020, um dos autores da morte de Dhyenne Helleve Adorno Silva. A adolescente foi morta no dia 24 de abril do ano passado, quando bebia com amigos na porta de uma casa no Setor Veiga Jardim III, durante uma festa de torcida.

De acordo com as investigações, o grupo foi surpreendido por dois homens que pularam o muro do imóvel e efetuaram vários disparos.  A vítima, assim como os demais, tentou fugir do local, mas foi alvejada com um tiro na nuca. As pessoas que se encontravam na festa a socorreram e a levaram ao HUAPA, mas infelizmente a vítima não resistiu ao ferimento e veio a óbito.

Após investigações dos policiais, obtiveram êxito em prender um dos dois autores do crime (23 anos), que já foi transferido para a prisão.
As diligências continuarão para que todos os envolvidos no homicídio sejam devidamente presos.