GIH de Luziânia cumpre mandado de prisão contra suspeito de matar homem queimado

503

Delegado Maurício Passerini aguarda conclusão de exames de DNA para concluir investigação do assassinato que vitimou Lucas Júnior Neres Xavier

WhatsApp Image 2017-07-27 at 161
Guilherme Monteiro

O Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Luziânia, cumpriu mandado de prisão temporária expedido contra Guilherme Monteiro da Silva, 22 anos, na quarta-feira (26). De acordo com o titular do grupo especializado, delegado Maurício Passerini, Guilherme é o principal suspeito da morte de Lucas Júnior Neres Xavier, assassinado no dia 1° de fevereiro na zona rural de Luziânia.

O corpo da vítima foi queimado praticamente por completo. Os motivos do crime ainda são apurados pelo GIH de Luziânia. A equipe da Polícia Civil aguarda o resultado de exames de DNA para concluir a investigação. Participaram da diligência os agentes de polícia André Alexandre e Helena, além do delegado Maurício Passerini.