GIH de Luziânia identifica um dos fugitivos do CIS como um dos autores de roubo a chácara

828

Na segunda-feira (10), foi noticiada a fuga de 10 detentos do Centro de Inserção Social (CIS) de Luziânia e que os fugitivos teriam invadido uma chácara e roubado dois veículos, um celular, roupas, entre outros objetos.

Os policiais civis do Grupo de Investigações de Homicídios (GIH) da 5ª Delegacia Regional de Polícia (DRP), com sede nesse município, identificavam as vítimas quando policiais militares noticiaram a captura de um dos foragidos.

A fotografia do recapturado, identificado como Gabriel Gonçalves Barbosa, foi mostrada para as vítimas, e ele foi prontamente reconhecido como um dos autores do roubo. As roupas usadas pelo criminoso pertenciam a uma das vítimas e havia sido roubada na chácara.

Com base nessas informações, Gabriel foi autuado em flagrante por roubo majorado. Em pesquisa no Banco Nacional de Mandados de Prisão (BNMP), constatou-se que embora Gabriel estivesse preso constavam dois mandados de prisão preventiva aguardando cumprimento, referentes a dois homicídios: um cometido em 2014 na comarca de Padre Bernardo e outro, de 2017, na comarca de Luziânia. Assim, foi dado devido cumprimento aos mandados de prisão preventiva, e o fugitivo foi levado ao CIS.