GIH de Luziânia prende mandante de homicídio motivado por manobra de motocicleta

492

Policiais civis do Grupo de Investigações de Homicídios (GIH) de Luziânia cumpriram mandado de prisão preventiva contra Antônio da Silva Negreiro na quarta-feira (29). Ele responde a processo criminal por homicídio qualificado contra Dener dos Santos Santana, ocorrido em outubro de 2016 no Distrito Industrial.

De acordo com a denúncia oferecida pelo Ministério Público Estadual, no dia dos fatos Antônio ajustou e ordenou que Anderson Carlos de Souza Silva, por alcunha “Mãozinha”, matasse a vítima. Para tanto, emprestou-lhe uma arma de fogo. Dener foi morto ao ser alvejado por nove disparos.

Conforme apurado, o crime teve por motivo o fato de a vítima ter feito manobra para empinar uma motocicleta em frente à resistência de Antônio. Anderson já havia sido preso também pela equipe do GIH de Luziânia no início deste ano.

Formalizado o cumprimento da determinação judicial, o preso aguardará à disposição do Poder Judiciário. Participaram das diligências os policiais civis Braziliano, Deusa, Jânio, Divanilson, Ygor, José Maria e Correia, coordenados pelo delegado Maurício Passerini.