GIH Luziânia prende suspeito por homicídio qualificado

570

O Grupo de Investigação de Homicídios de Luziânia desencadeou operação que culminou no cumprimento de mandado de prisão temporária, expedido em desfavor de Francisco Valdimar Freitas, vulgo Galego da Carroça, nesta quarta-feira (18).

O detido é investigado pela prática de crime de homicídio qualificado, praticado contra Felipe Martins Pereira, ocorrido em 23 de julho de 2017, no bairro Jardim do Ingá.

Consta nos autos do inquérito policial que, no dia dos fatos, Valdimar chegou ao local do crime em seu veículo e, com uma arma de fogo em punho, foi em direção à vítima e a ameaçou, dizendo que a vítima o conhecia.  Ato contínuo, e na presença de duas testemunhas, efetuou um tiro no rosto de Francisco, que morreu no local.

As investigações estão em fase final, restando apurar apenas os motivos da gravíssima infração penal.