GIH/Genarc de Novo Gama prende acusados de homicídio qualificado

597

WhatsApp Image 2016-11-01 at 17Policiais civis do Grupo de Investigação de Homicídios e Especial de Repressão a Narcóticos (GIH/Genarc) de Novo Gama, no Entorno do Distrito Federal, cumpriram mandado de prisão preventiva em desfavor de Bruno R. do Nascimento e Fabrício Jânio M. Arruda na terça-feira (01). Eles são acusados de terem praticado Homicídio Qualificado (Artigo 121, Parágrafo 2º, do Código Penal Brasileiro.

De acordo com investigações já concluídas pela Polícia Civil, o crime foi motivado por uma rixa existente entre os dois autores e a vítima. O crime, praticado em maio deste ano, ocorreu durante a saída de uma festa frequentada por todos os envolvidos.

Ao término do evento, a vítima saiu de carona em uma motocicleta, tendo sido seguida por Bruno e Fabrício, em veículo do mesmo tipo. Ao pararem ambos os veículos em um semáforo, Bruno efetuou o disparo na cabeça da vítima, que faleceu no local. Ao ser preso, Bruno revelou o paradeiro da arma utilizada na ação criminosa. O revólver calibre 32 foi encontrado e apreendido, com três munições.

O coordenador das diligências, delegado Danillo Martins, destaca a atuação dos policiais civis Vinícius Bueno, Carlos Vasconcelos, Carlos Walber, Francisco Bezerra, André Nascimento, Filipe Santana e Glaucimar.