GIH/Genarc de Novo Gama prendem homicidas que atropelaram cadáver

953

Marcos Douglas e Felipe Wagner tiveram mandados de prisão cumpridos em seu desfavor; na casa do último, foi encontrado carregador de pistola 9 mm

marcos douglas_
Esquerda para direita.: Marcos Douglas e Felipe Wagner

O Grupo de Investigações de Homicídios e de Repressão a Narcóticos (GIH/Genarc) de Novo Gama, coordenados pelo Delegado Danillo Martins, cumpriram mandado de prisão preventiva em desfavor de Felipe Wagner Sena Carvalho e Marcos Douglas de Assis Cesário na quarta-feira (30).

Os presos são suspeitos de serem autores do homicídio praticado contra LSC, crime ocorrido em setembro de 2016. A investigação apurou que, após brigarem em uma festa, os autores disparam várias vezes contra a vítima, a qual foi arrastada e jogada na rua. Os autores atropelaram o corpo.

Felipe foi preso em casa, onde foi localizado um carregador de pistola calibre 9mm. Ele foi autuado em flagrante por posse de acessório de arma de fogo de uso restrito. Marcos Douglas já se encontrava preso. A equipe do GIH de Novo Gama já apurou sua participação em pelo menos seis homicídios ocorridos na região do Lago Azul.

Os autores ficam à disposição da Justiça. Serão indiciados por homicídio qualificado e, no caso de Felipe Wagner, posse de acessório de arma de fogo.