Homem é preso em Catalão por descumprir medidas protetivas de urgência

180

Policiais civis da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) de Catalão cumpriram, no dia 29 de janeiro, mandado de prisão preventiva em desfavor de um investigado de 40 anos, em razão de descumprimento de medidas protetivas de urgência da Lei Maria da Penha.

Conforme a investigação, o suspeito manteve relacionamento com a vítima e, após o rompimento, passou a ameaçar a ex-companheira, chegando, inclusive, a atear fogo no carro da vítima, que requereu medidas protetivas de urgência na Deam, as quais foram deferidas pela Justiça.

Como o suspeito descumpriu a ordem judicial, a autoridade policial representou por prisão cautelar, que foi autorizada pela Justiça. Após prisão, o homem foi encaminhado para o sistema prisional.