Homem é preso em Goianésia por descumprir medida protetiva

112

A Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) de Goianésia prendeu em flagrante, no dia 17 de maio, um homem de 46 anos, por descumprir medida protetiva de urgência. A vítima procurou a Delegacia da Mulher após ser agredida fisicamente e ameaçada de morte pelo ex-marido. Naquela ocasião, a mulher solicitou Medida Protetiva de Urgência, que foi deferida pelo Poder Judiciário.

O homem foi intimado da decisão judicial que determinou o afastamento dele do lar, mas ele se recusava sair do local. Assim, diante das informações, os policiais efetuaram sua prisão em flagrante. O acusado responderá pelo crime de descumprir medidas protetivas de urgência, Art. 24-A da Lei Maria da Penha, com pena de três meses a dois anos e inafiançável na esfera policial.