Homem é preso por descumprir medidas protetivas após invadir casa da ex, defecar no quintal e agredi-la fisicamente

304

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por intermédio da Delegacia de São Miguel do Araguaia, cumpriu, no dia 14 de abril, mandado de prisão preventiva de investigado pelo crime de descumprimento de medidas protetivas de urgência ( art. 24-A da Lei 11.340/2018), adotadas em benefício de sua ex-companheira. Mesmo proibido de se aproximar da residência, o homem invadiu a área e foi flagrado por câmeras de segurança defecando no quintal da ex-mulher.

No caso, o investigado já havia sido alvo de inquérito policial, instaurado no mês de fevereiro do corrente ano, pela prática do crime de ameaça e invasão de domicílio, vez que as apurações revelaram que o investigado tinha o hábito de pular o muro da casa da vítima, praticamente todos os dias, permanecendo em seu quintal, subtraindo suas vestimentas íntimas, danificando as janelas do seu quarto, quando não tentava ingressar forçadamente no ambiente interno da casa.

Em razão do extenso histórico de ameaças e agressões perpetradas pelo investigado contra a vítima, foram deferidas medidas protetivas de urgência que o obrigaram a não se aproximar da ex-companheira e de seus familiares. No entanto, após ter sido intimado dessas medidas, o agressor foi flagrado, na residência da vítima, defecando em seu quintal, atitude registrada por câmeras de monitoramento. Não satisfeito, alguns dias após o episódio, o investigado foi até o encontro da vítima, causando-lhe lesões corporais.

Diante desses eventos, a autoridade policial de São Miguel do Araguaia representou pela prisão preventiva do agressor como meio de assegurar a ordem pública, a integridade física e psicológica da vítima, de frear a escalada criminosa e a sua sanha persecutória, a qual foi prontamente decretada pelo Judiciário Local. A captura do investigado contou com o apoio tático e operacional da Genarc/Porangatu.