Homem é suspeito de estupro de vulnerável após denúncia de quatro vítimas

118

A Polícia Civil de Goiás, por meio da Delegacia de Jaraguá, cumpriu, na quarta-feira (25), um mandado de prisão em desfavor de um homem investigado por estupro de vulnerável. Ele é suspeito de abusar sexualmente de quatro mulheres, todas do seu círculo familiar.

A filha do indivíduo, hoje com 30 anos de idade, relatou à autoridade policial que, quando ela ainda era criança, o pai a acariciava de maneira muito íntima, e não “normal, como um pai faz”.

As outras três vítimas, uma de 15 anos, outra de 8 anos e sua própria neta, de 14 anos, já foram ouvidas por um psicólogo indicado pelo juiz, e os laudos foram juntados aos inquéritos policiais.

A esposa do homem acusado pela mulher e pelas meninas diz que acredita na inocência do marido. O acusado estava foragido desde abril, mas foi preso por policiais na cidade de São Francisco, próxima à Jaraguá. Questionado sobre os fatos, ele fez uso do direito constitucional de permanecer em silêncio.