Homem investigado por golpes que chegam a R$ 600 mil é preso em Porangatu

1403

A Polícia Civil de Porangatu, após o desencadeamento de uma longa investigação, que teve início em dezembro de 2017, prendeu na última sexta-feira (27/07), em cumprimento a mandado de prisão, Márcio Luciano Alves. Ele é suspeito da prática dos crimes de estelionato, falsificação de documentos, lavagem de dinheiro e associação criminosa ao lado de um comparsa que está foragido, identificado como Carlos Eduardo.

De acordo com o delegado André Luiz Medeiros, a dupla causou prejuízo de aproximadamente R$ 600 mil às vítimas. “Eles adquiriam imóveis, móveis e semoventes mediante fraude e, posteriormente, vendiam ou trocavam os bens a fim de ocultar ou dissimular a origem ilícita”, explicou. Até o presente momento, a Polícia Civil tem conhecimento de mais de vinte vítimas.

Medeiros informou, ainda, que foi cumprido um mandado de busca e apreensão na casa de Márcio, local onde foram encontrados diversos documentos e cheques que, possivelmente, eram ou poderiam ser utilizados nas tramas delituosas. Junto à busca, ocorreu também a apreensão de dois veículos que estariam ligados ao crime de estelionato, sendo que um deles contém restrição junto ao Detran.