Homem que matou companheira em Planatina é preso

344

O Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Planaltina de Goiás deu cumprimento ao mandado de prisão preventiva do investigado Baltazar Gomes dos Santos. Em interrogatório policial, Baltazar confessou ter matado a golpes de faca sua então companheira Vera Lúcia Pereira da Silva, em dezembro de 2012.

Segundo apurado, Baltazar matou “Verinha”, como sua companheira era conhecida, por ciúmes, já que ela teria convidado dois amigos para um churrasco. O suspeito teria premeditado o crime, tanto que a faca utilizada por ele estava escondida em um matagal.

Vera foi surpreendida pel companheiro quando chegava em casa. Antes de conseguir adentrar o portão de sua residência, a vítima recebeu diversos golpes de faca no pescoço e, apesar de ter sido socorrida no Hospital Municipal, não resistiu aos ferimentos.

Após o crime, Baltazar se mudou para Taguatinga (DF), onde cometeu dupla tentativa de homicídio, valendo-se outra vez de uma faca. Ele contou à polícia que depois retornou a Planaltina por acreditar que o homicídio de sua companheira não seria apurado.

Baltazar Gomes dos Santos foi indiciado por homicídio, já que na época do crime a Lei do Feminicídio ainda não tinha sido criada. Agora, ele está à disposição do Poder Judiciário.