Idoso é preso por abusar sexualmente de neta de 9 anos

287

A Polícia Civil de Goiás, por meio da Delegacia de Piracanjuba, prendeu na quarta-feira (31), um idoso de 71 anos, pela prática de estupro de vulnerável contra sua neta de nove anos de idade e de uma amiga dela, de 10 anos.

Após denúncias de que o indivíduo estaria a praticar abusos sexuais contra sua própria neta, a Polícia Civil instaurou inquérito policial para apurar os fatos. A partir das investigações, verificou-se que desde o ano passado a menor passou a residir com seus avós maternos, após a sua mãe, filha do autor, falecer em decorrência da Covid-19.

Segundo o delegado Leylton Barros, desde então, o autor, que deveria acolher a neta nesse momento difícil, passou a abusá-la sexualmente. “Não obstante, descobriu-se que o autor também violentou uma amiga de 10 anos de sua neta, quando ambas brincavam na casa do investigado”, informa o delegado.

Temendo represálias do autor, as menores não contaram sobre os fatos. Porém, no bojo das investigações ambas admitiram os abusos, narrando as circunstâncias. O autor não possui antecedentes criminais, e durante seu interrogatório negou a prática dos delitos. Se condenado, poderá pegar até 15 anos de prisão, por cada abuso cometido.