Itumbiara: Operação contra crimes patrimoniais resulta em prisões

517

A Polícia Civil e a Polícia Militar de Itumbiara deflagraram operação, na noite e na madrugada do dia 26 para 27 de abril, visando coibir a prática de crimes patrimoniais em Itumbiara na e região.

O escopo principal foi a repressão aos furtos e roubos ocorridos na região rural de Itumbiara, bem como nas divisas e limites do município de Itumbiara com as cidades de Cachoeira Dourada, Panamá e Buriti Alegre.

A Polícia Civil, coordenada pelo Delegado Lucas Finholdt, contou com 10 policiais. Já a Polícia Militar foi comandada pelo Tenente Coronel Wilmar Rubens e contou com 26 policiais do 5º BPM.

Diversas diligências foram praticadas pelas duas instituições policiais: mapeamento das regiões mais sensíveis ao crime patrimonial rural, bloqueio de estradas vicinais, abordagem de suspeitos, etc.

Durante a operação duas pessoas foram presas, sendo um menor de idade apreendido pelo Gepatri por flagrante de receptação de um objeto que foi roubado no dia 24 de abril. O segundo foi preso flagrado com 14 pedras de crack.