Jovem é presa com porções de MDMA e outras drogas usadas em festas, em Itumbiara

138

A Polícia Civil, por meio do Grupo de Repressão a Narcóticos (Genarc) de Itumbiara, efetuou, na última sexta-feira (10), a prisão de uma jovem de 21 anos pela prática do crime de tráfico de drogas.

A ação ocorreu no Setor Social, no momento em que a investigada entregava uma porção de maconha a um usuário, resultando na apreensão de diversas porções substâncias análogas à MDMA, mais conhecida como MD, haxixe, ecstasy e maconha, além de duas máquinas de cartão provavelmente utilizadas para a venda das substâncias.

A investigada foi conduzida ao Genarc, onde foi autuada pelo tráfico de drogas. Após as formalidades de praxe, a mulher foi recolhida na Unidade Prisional da região, onde permanecerá à disposição da Justiça.

O MDMA (sigla para 3,4-metilenodioximetanfetamina), também conhecido como MD ou cristal, é uma das drogas mais potentes e perigosas já desenvolvidas em laboratório, consistindo em uma versão mais pura do ecstasy, cujo consumo se dá, sobretudo, em festas eletrônicas. O MDMA provoca distúrbios graves no organismo e, em casos extremos, leva à morte por falência hepática, hipotermia ou parada cardíaca. Com cerca de 1,0 grama da droga, é possível garantir a euforia de aproximadamente dez pessoas ao longo de uma noite.