Mãe é presa por não denunciar abusos sexuais do marido contra quatro filhos menores

421

Policiais civis da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) de Luziânia prenderam, no dia 25 de julho, uma mulher suspeita de ser conivente com estupros cometidos pelo marido contra os quatro filhos, com idades entre 5 e 12 anos. O homem, de 43 anos, pai de duas crianças e padrasto das outras duas, está preso desde junho último. O caso chegou à Polícia Civil por meio do Conselho Tutelar, que ouviu os relatos de abusos das próprias crianças, enquanto verificavam a situação de vulnerabilidade da família.

De acordo com as investigações, coordenadas pelo delegado Danillo Martins, os estupros aconteceram de 2012 até o início deste ano, na casa da família, e a mãe sabia dos abusos. “Não apenas sabia, como chegou a presenciar um deles”, conta o delegado. Segundo ele, a mulher disse que uma vez entrou no quarto e viu o marido praticando atos sexuais contra uma das filhas. “Ela, que estava em casa durante a maior parte dos abusos, alega que nunca denunciou nem se separou porque depende dele financeiramente e tinha medo”, afirmou.

A mãe irá responder por estupro de vulnerável, mesmo crime do marido, já que ela tinha o dever de proteger e foi omissa.