Operação Avah: Preso em Caçu homem suspeito de abusar da filha por seis anos

318

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio da Delegacia de Polícia de Caçu, prendeu, nesta sexta-feira (20), V.A.P., acusado de ter estuprado e engravidado a própria filha, durante seis anos. O crime aconteceu na pequena cidade de São José do Xingu, Estado de Mato Grosso, e desde então o suspeito encontrava-se foragido.

Após compartilhamento de informações com a Polícia Civil do Estado do Mato Grosso, bem como a realização de ações de inteligência, foi possível constatar que o suspeito estava se escondendo em uma fazenda na Zona Rural do Município de Caçu.

Apurou-se que os abusos aconteciam desde que a vítima tinha 10 anos de idade e ocorreram durante seis anos. A vítima engravidou do próprio pai no ano de 2019 e era ameaçada constantemente, mediante arma de fogo, para não denunciar os abusos às autoridades competentes. Segundo relatou a vítima, durante os abusos, seu pai dizia-lhe que tal fato “era para o seu próprio bem”.

Após os procedimentos legais o criminoso foi levado até o presídio de Cachoeira Alta. A operação foi batizada de “Avah” que em hebraico significa “perverso”