Operação Carandiru: forças de segurança fazem operação em conjunto habitacional contra o tráfico de drogas

314

Um Conjunto Habitacional refém do medo. Essa era a realidade de centenas de cidadãos de bem que eram obrigados a conviver com diversos criminosos que impunemente invadiam unidades não ocupadas pertencentes à Caixa Econômica Federal e as utilizavam como base para praticar o tráfico ilícito de drogas.

Na madrugada de hoje (26), cerca de 50 policiais civis (GENARC/GIH) de Planaltina de Goiás e da 11 Delegacia Regional de Polícia (DRP) de Formosa, mais cerca de 50 policiais militares da 20ª Companhia Regional da Polícia Militar de Formosa, com o apoio do Grupamento Aéreo da PMDF e do Batalhão de Cães da PMGO, realizaram a maior operação integrada entre as forças de segurança da região Nordeste do Estado Goiano, visando dar cumprimento a mandados de buscas e apreensões expedidos pela 2ª Vara Criminal de Planaltina. Duas pessoas foram presas e os policiais também cumpriram 17 mandados de buscas.

A operação, devido à grande complexidade do cenário envolvendo um conjunto habitacional composto por oito blocos de prédios habitados por famílias de bem e bandidos, foi precedida por um planejamento meticuloso de meses de investigação para evitar que um mínimo erro pudesse comprometer a tranquilidade e segurança dos cidadãos. Foram identificadas a unidades habitacionais invadidas ou ocupadas por traficantes, sendo que, durante a execução da operação, foram realizadas duas prisões em flagrante por tráfico de drogas: em uma foram apreendidos 39 pinos de cocaína cheios e quatro com resquícios e na outra 5 pinos cheios de cocaína, dez porções de maconha, balança de precisão, material para endolação e até uma máquina de cartão, tipo MINI, bem como também foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência ( TCO) por posse de drogas para uso próprio.

A operação causou um grande impacto positivo no município e nos moradores de bem do conjunto habitacional que mandaram dezenas de mensagens agradecendo a intervenção estatal através dos seus Agentes de Segurança. Também prestaram apoio à operação as equipes médicas do SAMU e corpo de Bombeiros de Goiás, Guarda Municipal de Planaltina de Goiás e o Núcleo de Polícia Técnico-Científico de Formosa.