Operação Catarse cumpre buscas em investigação de homicídio em Padre Bernardo; suspeitos são presos na posse de armas e drogas

390

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio da Delegacia de Polícia (DP) de Padre Bernardo – com apoio da Delegacia de Santo Antônio do Descoberto e do Grupo de Repressão a Narcóticos (Genarc) de Águas Lindas -, deflagrou nessa quinta-feira (06) a Operação Catarse. A operação deriva de uma investigação relativa ao homicídio de Adonias Alves Machado, ocorrido em 20 de março deste ano, no Distrito de Taboquinha, município de Padre Bernardo.

A equipe de Padre Bernardo apurou que as pessoas relacionadas ao referido homicídio também estavam envolvidas com o tráfico de drogas, o que motivou o cumprimento de mandados de busca e apreensão em diversos endereços, tendo sido apreendidos com o suspeito do homicídio uma arma de fogo com numeração suprimida e munições. Ao todo, a operação cumpriu 4 mandados de busca e apreensão contra três investigados.

Em dois diferentes endereços de outro suspeito, foram apreendidas armas, munição, drogas (maconha, cocaína e crack) e petrechos relacionados ao tráfico de drogas. Os suspeitos foram autuados em flagrante delito por tráfico de drogas, porte e posse irregular de arma de fogo e por posse de drogas para consumo pessoal.

O delegado Leandro Sia Machado, da DP de Padre Bernardo, considerou exitosa a operação. “Frequentemente a atuação criminosa possui causas mais profundas que o motivo inicial que deflagra a atividade investigativa da Polícia Civil. A equipe policial da Delegacia de Padre Bernardo apurou a ocorrência do tráfico de drogas para além do homicídio inicialmente investigado. Por meio da Operação Catarse, houve a apreensão de quantidade relevante de drogas, bem como armas de fogo e munições, inclusive na residência do suposto autor do homicídio, repercutindo em 3 autos de prisão em flagrante e um termo circunstanciado de ocorrência”.