Operação Faction desarticula organização criminosa no sudoeste goiano

667

Os policiais civis da Delegacia de Polícia (DP) de Acreúna, cumpriram, na manhã desta quinta-feira (28), 16 mandados de prisão temporária e 10 mandados de busca e apreensão contra membros de facções que praticavam crimes de homicídio e tráfico de drogas na região sudoeste do estado.  Ao total, foram presas 13 pessoas. Outras três estão foragidas.

A operação foi deflagrada em Rio Verde, Acreúna, Indiara, Maurilândia, Caldas Novas, e também em Belém, no estado do Pará, onde foi cumprido mandado de prisão contra o chefe do grupo, Lucas Stefano dos Santos.

Lucas é considerado de alta periculosidade. Para conseguir fugir da unidade prisional de Trindade, usou explosivos. Recentemente, ao tentar resgatar presos no Pará, valeu-se de armamento pesado, como fuzil. Porém foi capturado e preso.

O grupo, segundo a investigação, usa de extrema violência para praticar os crimes. Em um homicídio, a vítima chegou a ser decapitada, teve as digitais cortadas e o corpo queimado.

A operação contou com 50 policiais civis de várias cidades da região e o apoio do Grupo de Operaçãos Táticas (GT3) da Polícia Civil.