Operação Falso 9 prende um dos suspeitos de se beneficiar com dinheiro de conta bancária fraudulenta

76

A Polícia Civil – por meio da 1ª Delegacia Distrital de Polícia de Formosa e da 1ª Delegacia Distrital de Polícia de Valparaíso de Goiás – dando sequência à Operação Falso 9, deflagrou hoje (04/8) uma segunda fase, na qual cumpriu dois mandados de prisão preventiva, sequestro de bens, bem como outras medidas constritivas em desfavor de dois indivíduos, residentes em Cidade Ocidental, na região do Entorno do DF. Eles são investigados pelos crimes de estelionato, associação criminosa e lavagem de dinheiro, uma vez que teriam se beneficiado de valores obtidos de forma ilícita por meio de abertura de conta falsa e empréstimos em um banco privado.

De acordo com as investigações, os indivíduos receberam, cada um, 15 transferências via PIX, que totalizaram aproximadamente R$ 120 mil para cada investigado. Em seguida, os valores recebidos foram imediatamente pulverizados em outras contas de titularidade dos investigados, mediante pequenas transferências/depósitos, prática conhecida como smurfing, que constitui forte indício do delito de lavagem de dinheiro, cujo objetivo é dissimular a origem criminosa dos recursos a partir de depósitos/transferências de pequenos valores, realizados em variados dias e locais, para contas controladas por uma mesma pessoa.

Um dos indivíduos, de 21 anos, foi alvo, durante a operação, de mandado de prisão preventiva, em Cidade Ocidental, encontrando-se agora detido e à disposição do Poder Judiciário. O outro, de 23 anos, não foi localizado e segue foragido, sendo ainda procurado pelas equipes da PCGO que investigam os fatos. As investigações ainda seguem em andamento.
Estes dois investigados são os beneficiários do dinheiro locupletado com as contas bancárias falsas, abertas de modo fraudulento. A primeira fase, deflagrada em junho deste ano, prendeu o investigado que abria a conta falsa no banco.

Relembre a primeira fase: https://www.policiacivil.go.gov.br/delegacias/regionais/operacao-falso-9-prende-suspeito-de-abrir-conta-bancaria-para-efetuar-emprestimos-fraudulentos.html