Operação Gato Mestre: Polícia Civil investiga esquema de fraude nos medidores de energia elétrica em Indiara

581

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia (DP) de Indiara, prendeu nessa quinta-feira (05), dois indivíduos suspeitos de participarem de um esquema de fraudes em medidores de energia elétrica de estabelecimentos comerciais na cidade de Indiara.  Os presos são funcionários de uma terceirizada que presta serviços para a ENEL e, recentemente, outros dois funcionários da mesma empresa souberam do esquema e, por isso, foram ameaçados pelos suspeitos para que ficassem calados e não denunciassem a situação.

Um dos funcionários ameaçados chegou a ser forçado a entrar em um veículo e foi levado até um canavial na Zona Rural de Edéia, onde foi intimidado com uso de uma arma de fogo, inclusive com disparos realizados próximos a ele.  Após o fato ter chegado ao conhecimento da Polícia Civil, foram iniciadas diligências com auxílio da área de segurança da empresa ENEL, nas quais foram constatados indícios de fraudes em algumas unidades consumidoras da cidade de Indiara.

Além da prisão dos suspeitos, foram cumpridos mandados de busca e apreensão com a finalidade de realizar vistorias nos medidores de energia elétrica dos estabelecimentos onde há indícios de fraude.  A operação contou com a participação de Policiais Civis da 8ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) de Rio Verde, de funcionários da área de segurança e vistoria da empresa ENEL, além de peritos da Polícia Técnico-Científica.