Operação Ligas de Alumínio: PCGO investiga suspeitos de usarem revestimento de alumínio em bolsas para burlar alarme e furtar lojas

109

A equipe do Grupo de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Gepatri) de Valparaíso de Goiás iniciou, nos últimos dias, a Operação Ligas de Alumínio, visando o combate a furtos mediante fraude em lojas da cidade. A ação criminosa ocorre com a subtração de roupas e acessórios no comércio varejista. Para isso, criminosos se utilizam de bolsas ou grandes sacolas com revestimento interno de alumínio, com a finalidade de colocar os bens subtraídos, com o fito de enganarem o sistema de alarme dos estabelecimentos e saírem despercebidos, causando grandes prejuízos.

Até o momento, foi possível realizar a prisão em flagrante de uma mulher, com o apoio da Guarda Municipal da cidade e, em situação distinta, a apreensão em flagrante de um menor. Durante as investigações, foi possível identificar vários membros dessa organização criminosa que em breve serão indiciados nos respectivos inquéritos policiais.

Durante as abordagens realizadas no intuito de identificar possíveis autores, foi possível realizar uma prisão civil de devedor de alimentos, o qual estava foragido da Justiça do Distrito Federal.