Operação Nemesis: PCGO dá apoio à PCSP em operação contra desvio de cargas

292

A Polícia Civil de Goiás deu apoio, na madrugada desta quarta-feira (23), à Operação Nemesis, da Polícia Civil de São Paulo. A operação interestadual foi deflagrada em sete Estados para desarticular uma organização criminosa suspeita de furto de cargas e falsa comunicação de crime.

As ordens judiciais foram cumpridas na região Sul de Goiás, nas cidades de Bom Jesus e Itumbiara, com 10 mandados de busca e apreensão de 2 de prisão. Mais de 40 policiais civis das Delegacias Regionais de Itumbiara, de Caldas Novas, da Gerência de Planejamento Operacional (GPO) e policiais civis da PCSP em Presidente Prudente foram mobilizados. Mandados judiciais também foram cumpridos em São Paulo, Minas Gerais, Pernambuco, Rio de Janeiro, Pará e Bahia.

A operação desarticulou um grupo criminoso de desvio de cargas no país. Motoristas eram cooptados e, após carregaram legitimamente cargas de natureza variada, em específico de soja e ferragens em geral, desviavam essas cargas, entregando-as aos receptadores. Em seguida, estes compareciam em Delegacias de Polícia, principalmente em São Paulo, onde noticiavam falsamente ocorrência de roubo, na maioria das vezes, retratando “cárcere” por horas ou dia.

As investigações perduraram por quase um ano. A organização criminosa foi responsável pelo desvio de cerca de duzentas cargas, avaliadas em torno de R$ 100 milhões. A operação cumpriu, no país, 57 mandados de buscas domiciliares. Também foi representado pelo sequestro de mais de 100 veículos, que totalizam R$ 7 milhões. Os 36 indiciados respondem por organização criminosa, furtos qualificados e falsa comunicação de crime, sendo que sete deles tiveram suas prisões preventivas decretadas.

A operação recebeu o nome de Nemesis em menção à deusa da mitologia grega que representa o destino, o equilíbrio e a justiça Divina.