Operação “O Império Contra-ataca” desmonta laboratório de Skunk em Itumbiara

151

Os policiais civis do Grupo de Repressão a Narcóticos (GENARC) de Itumbiara, coordenados pelo delegado Ricardo Chueire, efetuaram a prisão de um homem de 41 anos, em uma casa localizada no Jardim Morumbi, em Itumbiara. Ele foi preso na última segunda-feira (09).

Em poder do suspeito, que vinha sendo investigado pela Polícia Civil há dois meses, em razão do cultivo e comercialização de SKUNK (espécie de super maconha, de altíssimo valor comercial), foram apreendidos plantas da droga e farto material destinado à sua produção e preparação.

A Polícia Civil se deparou com uma sofisticada estufa destinada ao cultivo da droga, que funcionava dia e noite, climatizada com ventilador e ar condicionado, funcionando 24h por dia, em um dos quartos da casa, que era alugada e mantida exclusivamente para tal fim.

O SKUNK é droga de alto valor, chegando a custar por volta de R$ 20.000,00 (vinte mil reais) o KG; tal droga apresenta enorme concentração de tetrahidrocannabinol (THC) sendo mais comum nos Estados Unidos e Europa.

O detido foi conduzido à delegacia e autuado em flagrante delito por crimes previstos na Lei de Tóxicos. Ele foi recolhido no Presídio de Sarandi, em Itumbiara.