Operação Ostentação prende uma pessoa em Goianésia; golpista fabricava cartões e revendia produtos falsificados

717

A Polícia Civil de Goiás, por meio da 15ª Delegacia Regional de Goianésia, deflagrou no dia 22 de janeiro, a “Operação Ostentação”, que culminou na prisão de uma pessoa. Os policiais deram cumprimento a mandados de prisão e de busca e apreensão no domicílio do indivíduo que vinha sendo investigado pelos crimes de estelionato, lavagem de dinheiro, falsidade ideológica e crimes contra a relação de consumo (produtos falsificados).

Durante as investigações, a Polícia Civil constatou que o investigado possuía, além de seu verdadeiro nome, outras duas falsas identidades, com nomes, CPFs e RGs distintos, os quais possuíam vínculos com empresas ativas, contas bancárias, além de alguns veículos. Foram apreendidos no interior da residência diversos aparelhos eletrônicos, equipamentos de informática e periféricos que eram utilizados no cometimento dos crimes em questão.

Segundo o delegado marco Antônio Maia, no entanto, o que chamou a atenção dos investigadores foram duas máquinas utilizadas na fabricação de cartões magnéticos (cartões de crédito/débito), o que veio confirmar a atuação do suspeito em fraudes com cartões. Foram localizadas, ainda, inúmeras peças de vestuário e acessórios que, conforme o próprio preso, eram produtos “paralelos”, que seriam comercializados, os quais eram divulgados de forma aberta e escancarada em suas redes sociais.

Na oportunidade, foi apreendido ainda um veículo de luxo (M.Benz/CL200), o qual está atualmente vinculado a um dos falsos CPFs do investigado, avaliado em aproximadamente R$ 150 mil, além de valores em espécie que totalizaram alguns milhares de reais. Todo material apreendido foi encaminhado para a delegacia de Goianésia-GO, juntamente com o preso, para a realização dos procedimentos cabíveis.